Pesquisar este blog

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Para um grande Amigo que partiu de repente!...

 Encontro-me sem palavras, Ronaldo! Está difícil pensar que não o verei mais aqui na "terra dos homens". Dá uma sensação de vazio, de solidão! Solidão essa que só vai aumentando!... Um certo sentimento de partida vinha dentro de minh'alma sem compreensão, já algum tempo. Mas não esperava pela sua. Não estava preparado para isso, caro amigo. 

Vê-lo sempre alegre ao lado de sua Arlete, irmã tão querida de todos nós e com quem nos unimos neste momento de dor, nos faz sorrir apesar da tristeza que envolve os nossos corações neste instante. Aliás, a alegria, a simplicidade e a fidelidade são algumas das características de sua alma que ficarão para sempre registradas em nossas memórias. Foste amigo sempre presente, amigo de todas as horas. Por isso, a saudade já se faz tão sentida em todos nós!...
O que consola é imaginá-lo ao lado de tantos amigos queridos na Escola espiritual. Penso na felicidade deles ao recebê-lo, seu Clóvis, Rubinho, Navega, Amaro, Oliveira, Capúti, Cirley, Ubaldo, Gilda, Eloy e Carlota, as Ruths e tantos outros, entre sorrisos e abraços... Isso nos conforta, querido amigo!
Que Jesus o ampare e fortaleça! Bem como a todos nós, a nossa Arlete e aos filhos amados!
Assim, despeço-me, por ora, parafraseando as palavras ditas para um grande homem de Deus: "Até à vista, meu caro Ronaldo, até à vista!"

domingo, 4 de outubro de 2020

A Saudade por São Francisco

 

*****
“A saudade não encontra distância no espaço, nem no tempo, criando de tal sorte um vínculo que, mesmo as almas estando separadas, se sentem unidas pela força do amor.” (São Francisco de Assis)
*****
Nesses tempos de distanciamento social, esta frase torna-se mais sentida. O coração anda com grandes saudades!...
*****
Simples homenagem ao querido "Poverello" neste seu dia!...

sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Amar é Perder...

"Amar é perder. Aprendi a perder tudo. Muita coisa eu já perdi. Só não quero perder o amor de continuar até o fim do lado dos que perdem também."

"Nunca ganhei, sempre perdi. Perdi tudo, só restou viver, lembrar, sorrir e chorar, restou acreditar que vale lutar mesmo sem nada restar." 

"A luta é muito solitária, e você tem de aguentar firme. Uma coisa que eu aprendi muito com esse povo sofrido é que não tem amor sem dor. (...) Quando você coloca seu coração para fora, para amar outra pessoa, você está sujeito a dor. O amor nos torna vulneráveis. E quando você ama, acaba passando pelas mesmas coisas que as pessoas que você ama passam, na felicidade ou na tristeza." 

(Frases do Pe Júlio Lancelotti)
*****


*****
ALMA DO AMOR

Alma do Amor, cansada, erma e fremente,
Arrastando o grilhão das próprias dores,
Sustenta a luz da fé por onde fores,
Torturada, ferida, descontente…

Nebulosas, estrelas, mundos, flores
Rasgam, vibrando, excelso trilho à frente…
Tudo sonha, buscando o lume ardente
Do eterno amor de todos os amores?

Alma, de pés sangrando senda afora,
Humilha-te, padece, chora, chora,
Mas bendize o teu santo cativeiro…

Não esperes ninguém para ajudar-te,
Ama apenas, que Deus, em toda a parte,
É o sol do amor para o Universo inteiro. 

Cruz e Souza 
(Psicografado por F. C. Xavier - Livro: “Antologia dos Importais”)
*****

quinta-feira, 16 de julho de 2020

Um Poema Sobre o Tempo

*****
CICLOS
O tempo morre e renasce o tempo inteiro
Refaz-se o ano em janeiro
Propondo a novidade de um roteiro.
Da vida, o tempo extrai a morte,
Da morte, o tempo gera vida.
Alterna-se o tempo em toda sorte
De chegada e ida, de vinda e partida...
O tempo é mestre dos destinos
Com ele somos sempre peregrinos,
Carregando amores e saudade
Em busca de uma eternidade!
Dora Incontri

quarta-feira, 8 de abril de 2020

Exercício de Humildade

*****
"Qual o caminho para a HUMILDADE?
- Aprenda a esquecer-se. Fale pouco. Ouça mais." 
(F. C. Xavier)

quinta-feira, 2 de abril de 2020

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Páscoa - Passagem

*****
Páscoa - Passagem
Sede passantes.
Este tema da passagem é o tema da Páscoa.
Pessah em hebraico, quer dizer passagem.
A passagem, no rio, de uma margem à outra margem, a passagem de um pensamento a outro pensamento, a passagem de um estado de consciência a outro estado de consciência.
A passagem de um modo de vida a um outro modo de vida.
Somos passageiros.
A vida é uma ponte e, como diziam os antigos, não se constrói sua casa sobre uma ponte.
Temos que manter, ao mesmo tempo, as duas margens do rio, a matéria e o espírito, o céu e a terra, o masculino e o feminino e fazer a ponte entre estas nossas diferentes partes, sabendo que estamos de passagem.
É importante lembrar-se do carácter passageiro de nossa existência, da impermanência de todas as coisas, pois o sofrimento geralmente é de querermos fazer durar o que não foi feito para durar.
A grande páscoa é a passagem desta vida mortal para a vida eterna, é a abertura do coração humano ao coração divino.
É a passagem da escravidão para a liberdade, passagem que é simbolizada pela migração dos hebreus, do Egito para a terra Prometida. Mas não é preciso temer o Mar Vermelho.
O mar de nossas memórias, de nossos medos, de nossas reações. Temos que atravessar todas estas ondas, todas estas tempestades, para tocar a terra da liberdade, o espaço da liberdade que existe dentro de nós.
Sede passantes.
Creio que esta palavra é verdadeiramente um convite para continuarmos nosso caminho a partir do lugar onde algumas vezes paramos.
Observemos o que para a vida em nós, o que impede o amor e o perdão, onde se localiza o medo dentro de nós.
É por lá que é preciso passar, é lá o nosso Mar Vermelho.
Mas, ao mesmo tempo, não esqueçamos a luz, não esqueçamos a liberdade, a terra que nos foi prometida.
Jean-Yves Leloup
*****

segunda-feira, 1 de abril de 2019

ALLAN KARDEC - 150 ANOS DE DESENCARNAÇÃO

Em lembrança do dia 31 de março de 2019.
*****
*****
Vivo, conseguiu ofuscar a Morte.
Morto, continua a resplandecer a Vida.
*****

sábado, 26 de janeiro de 2019

Uma Despedida Silenciosa

     "Nós, seres humanos, estamos na natureza para auxiliar o progresso dos animais, na mesma proporção que os anjos estão para nos auxiliar." (Chico Xavier)
*****
*****
     Hoje ele, o Bóris, partiu sem que eu percebesse que estava indo. Fato é que já estava idoso, 12 anos para um Labrador é uma idade considerável, e ele já tinha passado um pouco. Ao acordar já o encontrei inerte e só pude, mesmo sendo Médico Veterinário, no silêncio do coração, fazer uma oração e agradecer a ele por esses anos de afeto incondicional. Que o querido "Poverello" o guarde!
*****
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...