Pesquisar este blog

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Eles Vivem

"Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão? A morte foi tragada pela VIDA."

(I Cor 15:55)

*****
"Ante os que partiram, precedendo-te na Grande Mudança, não permitas que o desespero te ensombre o coração.
Eles não morreram. Estão vivos.
Compartilham-te as aflições, quando te lastimas sem consolo.
Inquietam-se com sua rendição aos desafios da angústia quando te afastas da confiança em Deus. Eles sabem igualmente quanto dói a separação. Conhecem o pranto da despedida e te recordam as mãos trementes no adeus, conservando na acústica do espírito as palavras que pronunciaste, quando não mais conseguiram responder as interpelações que articulaste no auge da amargura.
Não admitas estejam eles indiferentes ao teu caminho ou à tua dor. Eles percebem quanto te custa a readaptação ao mundo e à existência terrestre sem eles e quase sempre se transformam em cirineus de ternura incessante, amparando-te o trabalho de renovação ou enxungando-te as lágrimas quando tateias a lousa ou lhes enfeitas a memória perguntando porque.
Pensa neles com a saudade convertida em oração. As tuas preces de amor representam acordes de esperança e devotamento, despertando-os para visões mais altas na vida.
Quando puderes, realiza por eles as tarefas em que estimariam prosseguir e tê-los-ás contigo por infatigáveis zeladores de teus dias. Se muitos deles são teu refúgio e inspiração nas atividades a que te prendes no mundo, para muitos outros deles és o apoio e o incentivo para a elevação que se lhes faz necessária. Quando te disponhas a buscar os entes queridos domiciliados no Mais Além, não te detenhas na terra que lhes resguarda as últimas relíquias da experiência no plano material.
Contempla os céus em que mundos inumeráveis nos falam da união sem adeus e ouvirás a voz deles no próprio coração, a dizer-te que não caminharam na direção da noite, mas sim ao encontro do Novo Despertar."
Emmanuel
*****
"A crença na Vida Superior é atividade da ALMA."
"A ideia da morte não serve para aliviar, curar ou edificar verdadeiramente. É necessário difundir a ideia da vida vitoriosa. Aliás, o Evangelho já nos ensina, há muitos séculos, que Deus não é Deus de mortos, e, sim, o Pai das criaturas que vivem para sempre."
Aniceto
(Livro: "Os Mensageiros")

5 comentários:

Rose disse...

Agradeçamoa ao Senhor pela certeza da imortalidade da alma - uma boa nova que nos felicita os corações!...
E que Ele nos abençoe a todos - do Céu e da Terra - neste dia de lembranças e de saudades!...
Paz em Jesus!
Carinho,
Rose.

Marilac disse...

Benja,
É confortadora essa certeza de que Eles vivem!
Belo e esclarecedor texto, querido.

Neste dia de preces e saudades
o meu abraço repleto de gratidão e carinho,

Marilac

Silvana Nunes .'. disse...

Navegando sem ruma com a intenção de divulgar o meu blog, cheguei até você e gostei do que vi, tanto que pretendo voltar mais vezes. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da tela do computador está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar cuidado. Em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Se gostar, siga-me.
Por hoje fico por aqui, Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !

Melissa disse...

Benja, faz pouco tempo que comecei a perceber a morte de forma diferente. Realmente não há morte, há vida!

:) Um beijo e obrigada pelas carinhosas felicitações!

Pensadora disse...

Que Lindo Post!!!
Me emocionei!
Q linda frase... "A Morte foi tragada pela vida" e "A Morte é a vida mal interpretada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...