Pesquisar este blog

domingo, 22 de junho de 2008

Cantinho de Acolhimento e Saudade

O Horto de Célia é um lugar singelo de aconchego e paz que traz serenidade, alegria e doces recordações a minha alma. Ali recebi muitas lições de Evangelho de um amigo muito querido (a quem tanto devo), compartilhei momentos de descontração e alegria, de ternura e emoção e de estudo e oração, todos repletos de espiritualidade e fraternidade. Ali, por varias vezes, busco conforto para o coração e a origem de mim mesmo, na tentativa de retomar o “Primeiro Amor”. Recentemente esse querido espaço, da Escola Jesus Cristo situado em Campos dos Goytacazes-RJ, foi reinaugurado após uma reforma em que se buscou manter a simplicidade e o caráter bucólico do ambiente, onde com alegria podemos observar três coelhinhos correndo e brincando entre a grama e no meio das flores. Deus abençoe esse recanto de carinho e a Escola Jesus Cristo que o mantém.
Importante será dizer, para os que ainda não sabem quem foi Célia Lucius, que leiam o livro “50 Anos Depois de autoria de Emmanuel, onde irão se encantar e emocionar com a vida dessa menina, patrícia romana, que foi um anjo que desceu do céu e viveu entre os homens nos primórdios do Cristianismo durante o século II. No dizer de Emmanuel:
Foi Célia uma alma, “cujo coração, amoroso e sábio, entendeu e aplicou todas as lições do Divino Mestre, no transcurso doloroso de sua vida. Na seqüência dos fatos, dentro da narrativa, seguirás os passos de menina e moça, como se observasses um anjo pairando acima de todas as contingências da Terra. Santa pelas virtudes e pelos atos de sua existência edificante, seu Espírito era bem o lírio nascido do lodo das paixões do mundo, para perfumar a noite da vida terrestre, com os olores suaves das mais divinas esperanças do Céu.”
Através do blog intitulado "Célia Lucius, Santa Marina"
(http://celiamarina.blogspot.com) do amigo e irmão Flávio Mussa Tavares, que recentemente lançou um livro com o mesmo título, pode-se conhecer um pouco mais de sua história dentro e fora da Igreja Católica. O Livro é um primoroso e minucioso estudo realizado pelo Flávio, comparando a narrativa do "50 Anos Depois" com outras várias narrativas sobre Célia como Santa Marina, inclusive da própria Igreja Católica. Aqui deixo, mais uma vez, minha eterna gratidão a esse Santo Espírito e a todos os amigos que me auxiliam estendendo mãos bondosas, nessa longa e difícil caminhada que é a nossa vida.

*****
(Fotos - Horto de Célia, EJC)

5 comentários:

Eternessências disse...

Que lindo, "Benja"!
Você está inspirado, hein?
A nossa querida Célia, Anjo Bom de nossas vidas, há de abençoá-lo e fortalecê-lo sempre!...
Palavras doces, fotografias especiais, um belo post!
Carinho,
Rose.

Eternessências disse...

Volto para dizer que vou salvar as fotos para mim, tá?
Rose.

Anônimo disse...

Lindo!

Marilac disse...

Benja,
Concordo com Rose, você estava muito inspirado, o post ficou belissimo!
Como é lindo e aconchegante o Horto da Célia,um pedacinho do céu na terra com certeza!
Adorei conhecer um pouco mais da vida de Célia através das suas palavras.

abraços,
Marilac

Ela disse...

Um lugar tudo de lindo. É possível sentir a paz apenas observando.

Sabia que eu gosto quando você escreve assim , solto.

Abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...