Pesquisar este blog

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Uma História de Flores


“Um é o que semeia, e outro o que ceifa. Eu vos enviei a ceifar onde vós não trabalhastes; outros trabalharam, e vós entrastes em seu trabalho.”
(Jo 4: 37-38)
*****
Imagem
Rui Gouveia
(1000imagens.com)
*****
Um homem trabalhava em uma fábrica distante cinqüenta minutos de ônibus da sua casa. No ponto seguinte entrava uma senhora idosa que sempre sentava-se junto à janela. Ela abria a bolsa, tirava um pacotinho e passava a viagem toda jogando alguma coisa para fora. A cena sempre se repetia e um dia, curioso, o homem lhe perguntou o que jogava pela janela.
- Jogo sementes, respondeu ela.
- Sementes? Sementes de que?
- De flores. É que eu olho para fora e a estrada é tão vazia... Gostaria de poder viajar vendo flores coloridas por todo o caminho. Imagine como seria bom!
- Mas as sementes caem no asfalto, são esmagadas pelos pneus dos carros, devoradas pelos passarinhos... A senhora acha mesmo que estas sementes vão germinar na beira da estrada?
- Acho, meu filho. Mesmo que muitas se percam, algumas acabam caindo na terra e com o tempo vão brotar.
- Mesmo assim... Demoram para crescer, precisam de água...
- Ah, eu faço a minha parte. Sempre há dias de chuva. E se alguém jogar as sementes, as flores nascerão.
Dizendo isso, virou-se para a janela aberta e recomeçou seu trabalho. O homem desceu logo adiante, achando que a senhora já estava senil.
Algum tempo depois, um dia, no mesmo ônibus, o homem ao olhar para fora percebeu flores na beira da estrada... Muitas flores... A paisagem colorida, perfumada e linda! Lembrou-se então daquela senhora. Procurou-a em vão. Perguntou ao cobrador, que conhecia todos os usuários no percurso.
- A velhinha das sementes? Pois é... Morreu há quase um mês.
O homem voltou para o seu lugar e continuou olhando a paisagem florida pela janela. "Quem diria, as flores brotaram mesmo", pensou! "Mas de que adiantou o trabalho dela? Morreu e não pode ver esta beleza toda".
Nesse instante, ouviu risos de criança. No banco à frente, uma garotinha apontava pela janela, entusiasmada:
- Olha, que lindo! Quantas flores pela estrada... Como se chamam aquelas flores?
Então, entendeu o que aquela senhora havia feito. Mesmo não estando ali para ver,fez a sua parte, deixou a sua marca, a beleza para a contemplação e a felicidade das pessoas.
No dia seguinte, o homem entrou no ônibus, sentou-se junto à janela e tirou um pacotinho de sementes do bolso... E assim, deu continuidade à vida, semeando o amor, a amizade, o entusiasmo e a alegria. O futuro depende das nossas ações no presente. "E se semeamos boas sementes, os frutos serão igualmente bons." Vamos semear nossas sementes agora!
(Autor Desconhecido)
*****
Hoje está sendo um dia de lembranças e agradecimentos. Sinto as flores no caminho, flores plantadas por mãos que não se encontram mais perto, por mãos que até mesmo não pude tocar, mas que deixaram saudades. Percebo o cuidado, o sacrifício e o amor com que foram cultivadas, para que pudéssemos não só apreciá-las, mas colhê-las no coração e sentir a beleza e o perfume de que são mensageiras. Pois a essência delas é divina e buscam nos guiar pelo caminho da Verdade. Já é tempo e necessário se faz continuar a semeá-las e cultivá-los com dedicação, para que outros corações possam colhê-las.
*****

6 comentários:

Rose disse...

Um lindo texto para lembrar da Gratidão que devemos sentir neste dia, em especial,"Benja"!
Paz!
Rose.

Carol Timm disse...

Benja,

Fico feliz que HOJE para ti seja um dia de semear e colher flores já semeadas.

Para mim, há sempre muito o que semear... um dia espero colher também algumas flores.

Beijos,
Carol

.:Melissa:. disse...

Benja, que linda história.
E nos leva a pensar no nosso cotidiano, tudo o que passamos e vivemos esquecendo das nossas atitudes com os outros e o que isso pode significar lá na frente.
Obrigada por compartilhar o texto conosco e que saibamos semear o bem.
Bom fim de semana!

Beth/Lilás disse...

Foi bom para mim, especialmente hoje que estou desencantada com o país e seus governantes, ler de novo este lindo texto que já conhecia, mas sempre adoro ler coisas assim que tocam a alma e reavivam nosso espírito.
Obrigada por tão linda reflexão.
beijo carioca

Marilac disse...

Benja,
Belissima história de flores,é uma das minhas preferidas!

"E assim, deu continuidade à vida, semeando o amor, a amizade, o entusiasmo e a alegria..."

Devemos fazer a nossa parte, o que for possivel e nossas ações sempre irão contribuir para um mundo melhor.

Fazer pequenas coisas diariamente com amor, existe sempre uma oportunidade pelo menos no nosso dia a dia de sermos um sinal de luz e esperança na vida do nosso irmão.

bjs
Marilac

obs: e seu jardim como vai?

Ela disse...

Que Deus me de a graça de semear sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...