Pesquisar este blog

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Uma Pausa para Crisalidar

(...) Tenho vivenciado este período como se fosse me tornar borboleta. Só que antes de ser borboleta, é preciso ser larva, com toda a feiúra que lhe cabe. Sempre me encantei com a beleza das borboletas, especialmente depois de conhecer o processo pelo qual elas passam até que estejam maduras o bastante para romperem a crisálida e se mostrarem tão estonteantemente belas.
Durante a fase de crisálida, a lagarta é transformada em borboleta. Dentro das crisálidas ocorre o seu processo de crescimento. Esta rápida e brusca mudança é chamada de metamorfose. Quando a transformação está completa, a crisálida se rompe e a borboleta sai de seu interior. Quando suas asas ficam esticadas e secas, ela está pronta para voar.
Enquanto larva, busco uma nova lucidez, um novo degrau dentro do coração; e a beleza e prontidão para vôo, no meu caso, têm a ver com a conquista desta clareza interior, que me revelará uma nova pessoa...

Rosana Braga
*****
(Imagem - Harry Van Der Veen)

8 comentários:

Lilás/Beth disse...

Ah, que momento precioso!
Todos nós passamos por momentos assim e é daí que sai uma pessoa melhor.
Boa sorte!
abraço carioca

Rose disse...

AH!...preciso ainda de tanto tempo , dentro do casulo, para fortalecer minhas asinhas!...
Mas o dia chegará em que elas se abrirão ao sol, ao Céu!... E tudo então será LUZ!...
Um carinho de sua "sorella" ainda "crisalidante"...
Rose.

Carol Timm disse...

Benja,

Eu achei tão lindo o texto! Seria mesmo tão bom, se a gente não levasse tanto tempo no casulo.

Mas acho que não se pode apressar essa etapa, sem ela não temos asas fortes para nos levar até as flores.

A imagem é uma pintura! Linda! :)

Beijos,
Carol

Rose disse...

Também sou feliz por dividirmos o mesmo PÃO ESPIRITUAL!...
O Senho abençoe nosso companheirismo, "Fratello"!
PAZ E LUZ!

Melissa disse...

Engraçado como tenho encontrado posts que falam a respeito disso hoje...
Creio que estamos todos nesse momento e que o momento de borboleta nos espera com todo colorido merecido!
Benja, estive ausente, mas voltei e o seu blog continua na minha lista de favoritos.
Beijos, Mel

Kenosis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kenosis disse...

Olá irmãozinho! Paz e Bem! Sim, é o caminho da alma para o nosso Bom Deus.São as noites de S.João da Cruz, a agonia lenta de S.Francisco, o tempo de ruirem-se nossos castelos para uma construção melhor e mais sólida, a construção do amor em nosso interior. Belíssimo e edificante tema para meditação! Obrigada por trazê-lo a nós! Grande abraço em Cristo, Sta. Clara e São Francisco!

Marilac disse...

Benja,
Que bela reflexão!
Deus com amor e sabiamente entende nossas limitações e o tempo necessário para nossa metamorfose.
Eu também ainda preciso de tempo no casulo, mas creio que estou aprendendo, e estou me transformando.

Bjs
com carinho,
Marilac

obs: Linda imagem!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...