Pesquisar este blog

sábado, 26 de abril de 2008

“Almas Desoladoramente Frias...”

Almas desoladoramente frias
De uma aridez tristíssima de areia,
Nelas não vingam essas suaves poesias
Que a alma das cousas, ao passar, semeia...

Desesperadamente estéreis e sombras
Onde passas (triste aura que as rodeia!)
Deixam uma atmosfera amarga, cheia
De desencantos e melancolias...

Nessa árida rudeza de rochedo,
Mesmo fazendo o bem, sua mão é pesada,
Sua própria virtude mete medo...

Como são tristes essas vidas sem amor,
Essas sombras que nunca amaram nada,
Essas almas que nunca deram flor...
Raul de Leoni
*****
Raul de Leoni nasceu em Petrópolis-RJ em 30 de outubro de 1895. Em 1919 publica seu primeiro livro de poemas “Ode a um poeta morto”, dedicado à memória de Olavo Bilac. Faleceu em Petrópolis-RJ, em 21 de novembro de 1926. Sobre ele e sua obra escreveu Fernando Py (poeta, crítico literário e tradutor): “Existe em Raul de Leoni um curioso procedimento técnico-estilístico a aproximá-lo, e não por acaso, da poesia de Augusto dos Anjos... foi neoparnasiano de fortes acentos simbolistas, não fugiu a influência de sua própria geração. Raul de Leoni legou-nos uma obra pequena, mas significativa e singular, que certamente ainda há de ser muito lida e estudada enquanto houver interesse pela grande e genuína poesia do nosso tempo”.

3 comentários:

Rosi Gouvea disse...

Assim lindo infante, que dorme tranqüilo,
Desperta a chorar;
E mudo e sisudo, cismando mil coisas,
Não pensa — a pensar.

*Gonçalves Dias*

E mais uma vez venho me encantar...

Bejos doces!

Eternessências disse...

A frieza realmente é algo triste e desolador!...
Um poema forte... grave!...
Que não deixemos o coração gelar!...
Carinho,
Rose

Marilac disse...

Benjamim,
Esse poema infelizmente descreve com perfeição algumas almas que ainda sofrem ao optar por uma vida amarga...não acreditam no amor, procuram defeitos em tudo e todos.E com essa frieza criam uma atmosfera de melancolia.
Todos nós temos nossos problemas, mas alguns focam apenas no que existe de ruim e com isso amargam tudo ao redor...
Somos humanos, estamos aprendendo...

Que possamos estar alertas, pois como disse Rose :

"Que não deixemos o coração gelar!...

bjs
Marilac

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...